quinta-feira, 19 de maio de 2011

De pai para filha


Quando te vejo, te adimiro
É fácil de admirar
Estas sempre bela

Buscas respostas em tudo

Completas hoje uma bela idade
Já não é mais uma criança
É menina, logo será mulher
Melhor seria demorar...

Ser seu pai é uma dádiva
Amo-te sem falácia
Anjo meu, sempre serás

A onde quer que eu vá.
Ao seu lado eu quero estar.
Ficas inquieta quando

Meu olhos te fitam.O meu amor por ti imenso
Que não sinto o tempo.

Eu te amo!

1 Comentários:

Blogger Edevaldo Figueredo disse...

aiai.... sem palavras. te amo muito

20 de maio de 2011 21:06  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial